Topo
10 jul

Confira como foi a primeira semana de Alta-Costura de Paris 100% digital

A semana de Alta-Costura de Paris é uma das mais aguardadas do mundo e pela primeira vez foi cumprida de forma 100% digital. Confira como foi essa transformação no mundo da moda e os nossos favoritos dessa edição do Paris Haute Couture.

A semana de moda já passava por algumas mudanças devido aos novos comportamentos de consumo, o longo e frenético calendário de desfiles já não fazia mais sentido para grande parte das pessoas e marcas, além de estimular o consumo desenfreado.

Em meio disso, o mundo começou a lidar com a nova pandemia do COVID-19 e alguns desfiles foram cancelados. No entanto, estilistas e pessoas influentes da moda começaram a questionar a capacidade de reinvenção das semanas de moda.

Logo, a Federação de Alta-Costura e Moda que sempre foi alicerçada no tradicionalismo não demorou muito para adotar a primeira versão de Alta-Costura de Paris 100% digital, através de experiência virtuais com Fashion Films e Preview.

Quando se trata de alta-costura podemos dizer que não há regras para explorar a imaginação, tudo é possível e a marca Cristian Dior ilustrou bem isso em um curta-metragem produzido pelo cineasta italiano Matteo Garrone e por Maria Grazia Chiuri, diretora criativa das coleções femininas da Dior.

Dentro de uma atmosfera mágica, Dior criou um conto de fadas com figuras místicas como sereias, ninfas, náiades e estátuas de mulheres que vivem imobilizadas, mas que se encantam com as miniaturas de vestidos produzidas pelas costureiras e artesões da Maison.

Mythe Dior (O mito Dior), nome dado ao filme traz uma forte referência do Théâtre de la Mode, exposição de moda que originou em meados de 1945 com 1/3 do tamanho da escala humana, por consequência da escassez de tecido após a Segunda Guerra Mundial.

A narrativa mostra um forte espírito de comunidade, mas grandes veículos como Vogue América criticaram o curta por falta de feminismo interseccional, especialmente em tempos no qual movimentos negros ganham força em várias partes do mundo.

Confira o vídeo:

A Ralph & Russo inovou em seu processo criativo desenvolvendo a Haiuli a primeira top model digital da marca. Haiuli posa de maneira expressiva e veste looks marcantes diante das Sete Maravilhas do Mundo.

Tamara Ralph, diretora criativa da marca fez uma fusão do universo 4D digital e o mundo real, mostrando os detalhes desde a produção da Haiuli ao ensaio com modelos reais e bastidores em um Fashion Film incrível de 6 minutos.

Confira o vídeo:

E para encerrar, Olivier Rousteing fez do rio que beira a Torre Eiffel seu palco para o desfile. A apresentação ganhou admiradores por toda extensão do rio, o diretor criativo que sempre trouxe um viés inclusivo para a Balmain declarou para a revista Vogue “o que aconteceu no domingo foi além da semana de moda digital” enfatizando o espetáculo visto pelos franceses, ao som da cantora pop francesa Yseult com 50 dançarinos.

O vídeo que seria transmitido ao vivo pelo Tiktok, contudo enfrentou alguns cortes devido a problemas técnicos. Uma nova transmissão acontecerá neste sábado às 20:30 (horário de paris) na plataforma on-line da Federação da Alta Costura.

Confira as fotos do espetáculo

(Visited 144 times, 1 visits today)
Marcos Proença
Nenhum Comentário

Leave a reply