Blog do Pro

Ombré Hair

Postado em 21 de novembro de 2010

Drew Barrymore, Alexa Chung, Erin Wasson, Nicole Richie, Rose Byrne, Ashley Simpson, Megan Fox, Rachel Bilson e Alice Dellal. Essas são algumas das mulheres que aparecem como referências do Ombré hair. Aqui no Brasil começamos a fazer nas amigas. Vou postando para vocês os resultados, a primeira que vou mostrar é a Dani Cicarelli.

O nome ombré – que em francês significa sombreado, é usado na moda para definir um processo de tingimento de tecidos que garante um degradê do tom mais claro ao escuro. Nos cabelos isso acontece ao contrário, a raiz é escura e as pontas claras. Existe uma diferença entre as californianas e vou explicar em um próximo post, assim que eu conseguir parar um minuto! rs

Com alto contraste, ou seja a diferença bem marcada da cor da raiz e das pontas, o resultado é um pouco mais agressivo, mais moderno. Com a mudança de tonalidade mais sutil o resultado é charmoso. Nos cabelos compridos a técnica aparece mais, embora a Alexa tenha feito fama com a versão em cabelos mais curtos.

Pontos fortes: baixa manutenção e funciona em qualquer textura de cabelo ou tom.

Cuidados de manutenção:

O mais importante é a hidratação semanal feita em casa ou no salão. Se o secador é utilizado sempre, a recomendação é usar um leave-in protetor térmico como o Nectar Thermique, da Kérastase. Agora, se a raiz é da cor natural, mas oleosa e as pontas estão ressecadas, o ideal é usar um shampoo para raízes oleosas e pontas secas. Um exemplo é shampoo Speciality da Senscience. O condicionador tem que ser de hidratação intensa, usado somente do comprimento até as pontas. Como o Inner Restore da Senscience. Para quem não tem a raiz oleosa, um shampoo de cabelos normais é eficiente, mas o condicionador deve ser sempre de condicionamento profundo.